• Blog
  • Política “digital first”: veja as ramificações que ela engloba

Política “digital first”: veja as ramificações que ela engloba

Falar sobre a imersão do consumidor atual no universo digital não é tão simples quanto parece. Afinal, as mudanças causadas em função disso são mais do que passageiras, colocando-se como parte da cultura mundial. Por isso, é fundamental entender do que se trata a política digital first.

Em tradução livre, digital first significa “digital em primeiro lugar”. Mas como isso afeta a experiência do consumidor? E a imagem das marcas? Quais são as ramificações trazidas pela priorização do meio online? Entenda mais sobre esse tema neste artigo!

Quais ramificações a política digital first engloba?

Antes de qualquer coisa, é importante compreender que o digital first é mais do que uma mera estratégia para atingir targets e aprimorar resultados. Trata-se de uma cultura, e, por isso, atinge e modifica as maneiras de pensar e agir de toda a sociedade. Segui-la pede, primeiramente, por uma reinvenção das marcas, porém modifica todas as estruturas em torno delas. Entenda!

Reinvenção das marcas

Para serem capazes de priorizar estratégias e experiências digitais para seus consumidores — antes de atingi-los por meio de outros canais, muitas marcas precisam se reinventar. Elas precisam entender que a maneira de consumir informações e adquirir produtos mudou, adaptando-se a isso.

Em suma, é preciso que elas foquem não apenas oferecer qualidade online para seus consumidores ao lançarem soluções para o mercado, mas também aproveitar tudo que as plataformas digitais têm a oferecer e usar tecnologias e inovações para garantir agilidade, boas experiências, segurança, variedade, posicionamento etc. Isso, por sua vez, afeta diretamente a economia.

Economia

Como a política digital first afeta a economia? Vamos tomar como exemplo empresas que nasceram no core digital, como Amazon, Uber, Nubank e YouTube. Não só elas mudaram a forma de agir e pensar de seus targets, mas também sua forma de comprar as soluções oferecidas para eles.

Tráfego Orgânico: Guia completo para conquistar tráfego para seu sitePowered by Rock Convert

Se, antes, o táxi só aceitava dinheiro vivo, hoje, é possível se deslocar para qualquer lugar usando o cartão de crédito. Se a única forma de acessar promoções era enfrentando longas filas em lojas, atualmente, é possível comprar itens de qualquer natureza em alguns cliques. Esses são apenas alguns exemplos das mudanças que uma cultura digital priorizada causa na economia mundial. Contudo, ela também afeta a comunicação.

Comunicação

Se as plataformas de comunicação online se estabeleceram há anos — ganhando força total por meio do falecido ICQ, que, rapidamente, foi substituído pelo MSN, as presentes na atualidade devem se esforçar ainda mais para se manterem em um mercado tão competitivo. Por meio de políticas pontuais baseadas no digital first, as experiências do consumidor se aprimoram a cada dia e garantem a ascensão de empresas, como o WhatsApp e o Telegram.

Demandas de mercado

Demandas de mercado, que, antes, modificavam-se rapidamente, agora, fazem-no a cada hora. Isso também é uma consequência da imersão no universo digital, notoriamente representada pela necessidade constante das empresas de criar sites responsivos, utilizar SEO em conteúdos e plataformas, investir em Growth Driven Design e muito mais. Quem sabe o que virá a seguir?

Por onde a empresa pode começar a implementar a política digital first?

Justamente para suprirem demandas que já existem — e para se adequarem ao que ainda está por vir —, é fundamental que as empresas comecem a implementar políticas digital first. Elas são a base da contemplação das necessidades do consumidor moderno, que tende, cada vez mais, a migrar definitivamente para o meio digital. Em suma, para dialogar com seu público sem burocracias, demoras ou impedimentos, é preciso pensar no “digital primeiro”.

Quais são as implicações e vantagens do uso dessa política?

Sabendo o que é e quais são as ramificações da inserção da política digital first nas empresas, é hora de compreender suas vantagens e implicações. Por meio dela, temos acesso:

  • à interatividade com os consumidores;
  • ao dinamismo das operações;
  • à modernização das marcas;
  • às maiores taxas de conversão;
  • às mensurações mais precisas;
  • à responsividade e muito mais.

A política digital first já está presente no mercado. Cabe, então, apenas às empresas, a correta aplicação e aceitação de suas ramificações, que atingem a sociedade como um todo e, ao mesmo tempo, permitem que as marcas sejam adequadas aos seus targets.

Se você deseja compreender como o marketing digital se mescla ao conceito de digital first na prática, especialmente no que diz respeito ao investimento a ser feito nessa área, não deixe de saber quanto investir em marketing digital e aprimore seus resultados!

Política “digital first”: veja as ramificações que ela engloba

Política “digital first”: veja as ramificações que ela engloba

Avalie este post: