• Blog
  • Native advertising: entenda o diferencial da publicidade nativa

Native advertising: entenda o diferencial da publicidade nativa

Native advertising: entenda o diferencial da publicidade nativa

Native advertising: entenda o diferencial da publicidade nativa

Análise de WebsitesPowered by Rock Convert

Uma das maiores dificuldades em um processo de vendas é ofertar produtos a um potencial cliente sem ser ou parecer invasivo. Sabe quando você acabou de pôr os pés em uma loja e já foi abordado por um vendedor, não se sentindo à vontade para buscar os produtos do seu interesse? Isso também acontece no ambiente virtual.

Inserir propagandas em excesso, sem critério e dificultando uma boa experiência do usuário nos portais é caminhar no sentido inverso do propósito de qualquer negócio. Com o amadurecimento das estratégias de marketing digital, as empresas podem conquistar um relacionamento mais próximo e natural com seus consumidores.

Uma boa prática que surgiu com esse desenvolvimento é o native advertising, ou propaganda nativa. Confira, agora, como usar essa técnica na sua campanha online!

Conheça o native advertising

Um dos temas mais debatidos no mercado atualmente é a experiência do cliente com as marcas. Apesar de muitas empresas ainda focarem somente a interface do atendimento, o consumidor tem contato com o seu negócio em diversos momentos da sua jornada.

Ter cautela para não perdê-lo é essencial para alcançar o status de referência para o seu público. Os motivos mais comuns que causam a perda de engajamento são a falta de planejamento estratégico e a ausência de visão de cliente.

Quando falamos de marketing digital, essas falhas também são comuns. É rotineiro acessarmos sites e sermos bombardeados por propagandas. Quando isso acontece, a tendência é sairmos rapidamente da página e buscarmos outra que ofereça uma melhor experiência. Pensando nisso, o native advertising atua como uma forma de publicidade online utilizando técnicas de SEO (Search Engine Optimization, ou Otimização para Mecanismos de Busca).

Tráfego Orgânico: Guia completo para conquistar tráfego para seu sitePowered by Rock Convert

Nessa estratégia, as propagandas são dispostas de uma forma natural na página, respeitando os critérios de escaneabilidade e facilitando a navegação do usuário. O native advertising pode ser utilizado para:

  • portais;
  • redes sociais;
  • promoção de materiais complementares;
  • conteúdos de interesse do usuário.

Veja as suas diferenças e ganhos

As principais diferenças dessa prática de marketing online em relação às outras, como o Facebook Ads e os anúncios em banner e em pop-up, são o tipo de conteúdo e o impacto na experiência do cliente. Pelo fato de a publicidade nativa parecer uma parte do conteúdo da página, sendo menos intrusiva, ela acaba gerando mais cliques do que os outros tipos de propagandas.

Segundo uma pesquisa divulgada pela Sharethrough and IPG Study, 25% dos usuários são mais propensos a olharem para um native ad, em comparação com a publicidade em banner. Além disso, os usuários olham com 53% mais frequência para a propaganda no modelo de native advertising. A interação com esse tipo de publicidade chega a ser duas vezes maior se comparada às outras.

Por ser uma estratégia que integra o produto do anunciante à identidade da página em que ele é exibido, ela é capaz de conquistar muitos benefícios para o seu negócio. Confira, abaixo, alguns deles:

  • gera mais leads;
  • aumenta a presença digital da marca;
  • proporciona uma experiência mais agradável ao usuário.

A publicidade nativa tem tudo para se consolidar, cada dia mais, como uma tendência em soluções estratégicas para engajamento nos ambientes digitais. Isso se deve à sua eficácia para o negócio e à sua capacidade de contribuir positivamente para a experiência do cliente, fazendo com que ele tenha uma percepção boa quanto à imagem da sua marca.

Para todo planejamento estratégico de negócio é imprescindível entender quem é o seu público, qual o perfil, preferências, comportamento etc. Assim, é possível definir diretrizes mais certeiras, atingindo o objetivo do negócio. Sem essas informações, há desperdício de capital, tempo e recursos humanos. Além disso, as chances de ter um bom desempenho são bem menores. Uma boa dica para uma alta performance é usar os dados gerados pela segmentação de leads para criar as melhores ações em native advertising.

Com todos esses benefícios, com certeza, agora, esse recurso fará parte da sua estratégia de marketing. Gostou do nosso artigo? Então, siga a nossa página no Facebook e fique por dentro do melhor conteúdo sobre marketing digital!

Anuncie no GooglePowered by Rock Convert