Início - Blog - Conheça as 9 principais métricas de e-mail marketing

Conheça as 9 principais métricas de e-mail marketing

Conheça as 9 principais métricas de e-mail marketing Conheça as 9 principais métricas de e-mail marketing
Conheça as 9 principais métricas de e-mail marketing

Entre as estratégias usadas no marketing digital, uma das mais utilizadas é o e-mail marketing. A popularidade dessa ferramenta se dá por sua grande capacidade de contribuir com a nutrição de leads, uma vez que ela entrega mais conversões ao negócio do que outros canais.

Além disso, o e-mail marketing potencializa a interação entre a empresa e os clientes, coloca à disposição uma grande riqueza de detalhes e oferece bastante liberdade e flexibilidade no trabalho.

Para que essa tática seja aproveitada ao máximo, é necessário planejar as campanhas com cuidado, analisando os resultados e entendendo o que está funcionando ou não. Para isso, você deve utilizar métricas de e-mail marketing.

Neste post, trouxemos as 9 principais métricas para que você possa entender se sua estratégia com e-mail marketing está funcionando da forma como deveria. Continue a leitura para conferir!

  1. Taxa de crescimento da lista

    Para que uma empresa crie uma campanha de e-mail marketing, ela deverá ter uma lista de clientes para os quais as mensagens serão enviadas — é o chamado mailing. Essa lista é formada por pessoas interessadas nos produtos ou serviços do negócio.

    Se a campanha de e-mail marketing for bem-sucedida, a lista aumentará com o tempo. Por isso, uma métrica essencial é acompanhar de perto o andamento da lista e verificar o quanto ela cresceu. Se o número de pessoas do mailing tiver aumentado, é sinal de que tudo está correndo bem.

  2. Taxa de cliques (CTR)

    Quando uma pessoa recebe um e-mail marketing, o esperado é que ela clique no link interno sugerido. Se uma empresa de transportes envia um e-mail convidando para um artigo sobre processos logísticos, por exemplo, a campanha será bem-sucedida se a taxa de cliques (CTR) for alta.

    Para calcular o resultado dessa métrica, basta dividir o número de cliques pelo número de e-mails enviados e multiplicar por 100. Se uma companhia enviar 1.000 e-mails e 50 deles forem clicados, por exemplo, o CTR será de 5%.

  3. Taxa de descadastramento

    Enquanto as taxas de crescimento de lista e de cliques devem ser as mais elevadas possíveis, no caso da taxa de descadastramento o objetivo é o oposto. Isso porque quando os clientes optam por sair de uma lista, é sinal de que os conteúdos não são de seu interesse ou a frequência de envios está alta demais.

    Portanto, fique de olho nessa métrica e garanta que ela represente no máximo 1% do total da lista. Se a taxa for alta, é hora de repensar sua estratégia de e-mail marketing.

  4. Quer descobrir como implementar essas táticas e criar um site de alto desempenho que atraia clientes?

    Vamos conversar →
  5. Taxa de abertura de e-mails

    Esta métrica indica o número de pessoas que abriram seu e-mail marketing. Basicamente, uma boa taxa de abertura significa que sua empresa soube criar um título chamativo e que o assunto foi do interesse do usuário. Nesse sentido, sempre busque oferecer uma proposta tentadora para os leads.

    Com a ajuda dessa ferramenta, é possível descobrir quais são os melhores horários para disparar e-mails e entender se a campanha está sendo verdadeiramente útil.

  6. Taxa de conversão

    A taxa de conversão corresponde à quantidade de pessoas que abriram o e-mail, clicaram no link interno da mensagem, acessaram a página da empresa e concluíram a ação pretendida pela estratégia de marketing. Ou seja, essa é uma das principais métricas para entender o comportamento do público.

    Quer conseguir uma boa taxa de conversão? A dica é utilizar ferramentas para medir as conversões e verificar sua origem, com o Google Analytics.

  7. Taxa de rejeição

    Esta é uma taxa que nenhuma empresa deseja registrar. Afinal, ela indica a quantidade de e-mails que não chegaram aos destinatários, o que pode ocorrer devido a diversos motivos.

    A rejeição pode acontecer, por exemplo, devido a um problema temporário — como caixas de e-mail lotadas ou servidores ocupados. Nesse caso, assim que os problemas forem resolvidos, a mensagem será entregue. No entanto, existe também a rejeição permanente, quando um e-mail foi inserido de forma incorreta na lista ou uma conta foi desativada pelo usuário.

    Estar atento a essa métrica é essencial, pois você vai manter seu mailing sempre limpo e evitar que a empresa seja vista como propagadora de spam pelos provedores de serviço de internet.

  8. Taxa de cliques por abertura (CTOR)

    Ao utilizar esta métrica, você vai conseguir descobrir qual é o resultado da razão entre o número de cliques recebidos no e-mail de marketing e o de aberturas. Se uma campanha registrar 100 mil e-mails abertos e 20 mil cliques, por exemplo, o CTOR será de 20%.

    Observando esse número, você vai conseguir entender se a mensagem da campanha era relevante o suficiente para que o cliente se interessasse por ela e acessasse o link interno.

    Mas é importante estar atento ao tipo de e-mail enviado. Mensagens transacionais naturalmente induzem a cliques e, portanto, apresentam um maior CTOR que e-mails promocionais.

  9. Taxa de compartilhamento

    Quando uma pessoa encaminha o e-mail marketing para seus contatos ou compartilha a mensagem em suas redes sociais, isso representa um ótimo sinal. Afinal, essas ações demonstram que a pessoa não apenas acredita no conteúdo que você enviou, como também deseja divulgar a ideia da empresa para outras pessoas.

    Portanto, fique atento à taxa de compartilhamento para entender se esse tipo de situação está ocorrendo.

  10. Retorno Sobre Investimento (ROI)

    Fechando nossa lista de métricas de e-mail marketing está o ROI, que corresponde à taxa de retorno obtida pelo investimento da empresa em marketing. A fórmula do ROI é bastante simples.

    Primeiro, você deve subtrair o valor do investimento do valor recebido e, em seguida, dividir o resultado pelo valor do investimento. Depois, basta multiplicar o resultado por 100 para chegar à porcentagem exata do ROI. Quanto maior for esse retorno, maior será o sucesso da campanha de marketing.

No post de hoje você conferiu as principais métricas de e-mail marketing, que são imprescindíveis para garantir a efetividade e o sucesso das campanhas de marketing de qualquer empresa. Depois de conhecer as ferramentas, lembre-se de sempre fazer experimentos em seu dia a dia e utilizar métricas variadas para entender sua performance e implantar melhorias quando necessário.

Gostou deste conteúdo e quer continuar a conferir outros artigos relevantes sobre e-mail marketing? Então, continue sua visita em nosso blog e saiba como ter um e-mail marketing mais efetivo na estratégia digital!

Receba novidades