Guia

Criação de site:
Faça sua empresa ser encontrada em um clique! Saiba como neste guia.

Estar presente na internet deixou de ser uma opção para as empresas e tornou-se obrigação. Até aí nenhuma novidade, não é mesmo? Sabemos que o número de usuários a nível mundial, que utilizam a rede para diversos fins, sobretudo como instrumento para esclarecimentos acerca daquilo que almejam consumir, é uma realidade. Mas como são várias as possibilidades disponíveis (blogs, redes sociais, links patrocinados, vídeos etc.), é necessário se questionar o quão efetiva está sendo a sua presença. Neste guia vamos falar sobre a importância de um site para o seu negócio, ferramenta que tem desempenhado um papel cada vez mais importante, uma vez que é para onde quase todas as ações online se destinam.

É vital que um pensamento sempre esteja presente:

Não basta ter uma presença digital decorativa.
É necessário que esta presença seja efetiva…

Efetiva = Resultado

Este guia se destina a dois públicos. O primeiro é o empreendedor que ainda não tem um site. Para este, a mensagem é muito direta: você está perdendo negócio. O segundo é o que já possui um site, mas não extrai resultado dele.

Para tornar mais claro e de fácil entendimento, este guia aborda a importância do site desde o início.

Vamos lá!

Por que ter um site?

Esta deve ser a primeira pergunta que vem à mente quando você pensa na possibilidade de criar seu próprio site. Será que o investimento vale a pena? Podemos afirmar que sim, vale a pena. Mas pra tirar essa dúvida de vez, listamos abaixo 8 motivos que vão te convencer rapidinho a ter um site para o seu negócio:

1

Seu concorrente

Provavelmente quase todos os seus concorrente já possuem um site. Isso, por si só, já é motivo o suficiente, afinal você certamente não quer ficar com a fama de atrasado, não é?

2

Maior visibilidade da empresa

Do que adianta ofertar um excelente produto, de altíssima qualidade, se as pessoas não sabem que ele existe? Sem contar que, por meio de um produto ficará mais fácil apresentar outros, já que estarão a apenas um clique.

3

Se relacionar com sua audiência

Há muitas maneiras de se relacionar com as pessoas através do seu site. Você pode, por exemplo, criar um chat em tempo real para falar com o seu cliente, sem que ele precise pegar o telefone para entrar em contato. É possível também criar um blog com posts informativos ou de ajuda.

4

Ser encontrado no Google

A primeira opção quando uma pessoa precisa de um produto ou serviço é digitar na busca do Google. E você só aparecerá se tiver um site preparado para isso.

5

Mais credibilidade

Clientes tendem a dar mais credibilidade e confiança a empresas que possuem sites que transmitem profissionalismo.

6

Atrair novos clientes

Sites bem construídos aumentam o tráfego por estarem indexados no Google e, com isso, novos clientes poderão encontrar o seu negócio.

7

Aumentar as vendas

Este item é muito simples: como dissemos no item anterior, o aumento no tráfego traz novos cliente e, com eles, mais vendas.

8

Investimento em marketing digital

Ter um site possibilita investir em marketing digital, que tem um custo muito inferior quando comparado ao marketing tradicional (jornal e televisão, por exemplo). E é possível medir o Retorno Sobre o Investimento (ROI) com bastante precisão.

8

Investimento em marketing digital

Ter um site possibilita investir em marketing digital, que tem um custo muito inferior quando comparado ao marketing tradicional (jornal e televisão, por exemplo). E é possível medir o Retorno Sobre o Investimento (ROI) com bastante precisão.

A importância de um site

Já parou para pensar que grande parte das vezes o site poderá ser o primeiro contato que o cliente terá com a sua marca? Afinal, quando queremos alguma coisa hoje, a primeira reação que temos é fazer uma pesquisa no Google. O link para o seu site poderá ser a resposta.

Agora, se você não possui um site, é muito simples: você não existe na internet, ou seja, não está onde as pessoas mais procuram o seu produto ou serviço. Mas é bem provável que o seu concorrente esteja. O mesmo acontecerá se você possuir um site mas ele não for desenvolvido para ser encontrado. É o mesmo que não existir.

Um problema comum que vemos com frequência aqui na Via são sites desatualizados há muito tempo. Eles passam a impressão de que a sua empresa está parada no tempo, não dá importância para o cliente mantendo-o atualizado, não se preocupa em se manter moderna e, em alguns casos, até passa a impressão de que a empresa não existe mais.

O site permite que você aumente os resultados, não há dúvidas disso, mas para isso, é necessário que ele seja desenvolvido pensando no público-alvo, usando uma linguagem com a qual eles se identifiquem, fazendo com que se sintam confortáveis ao navegar pelo site e, o mais importante: que desejem retornar.

Se o cliente, por um breve momento, perceber que o seu site não atende à expectativa dele, provavelmente não retornará mais.

Quando saber se é o momento de reformular o site?

Talvez você ficou incomodado com o que dissemos no capítulo anterior, sobre empresas que já possuem um site, mas que não traz resultados.

Certamente você se perguntou: ok, entendi o quanto é importante ter um site profissional e bem planejado, mas como vou saber se o meu é ou não assim?

Como vou saber se está na hora de reformulá-lo?

Pensando nisso, preparamos um pequeno questionário de auto avaliação para ajudá-lo a diagnosticar o seu site.

Então, faça esta checagem:

  • As páginas demoram para abrir? O site é lento?
  • Existe algum blog vinculado onde são publicados conteúdos para engajar o seu público?
  • O site é responsivo, ou seja, foi preparado para funcionar em smartphones?
  • O site está desatualizado há meses?
  • A concorrência está se destacando e deixando você para trás?
  • Faz tempo que não recebe nenhum contato pelo fale conosco?

O gabarito dos questionamentos acima é esse:

  • Não. Meu site é rápido
  • Sim, e eu posto conteúdo no mínimo semanalmente.
  • Sim, e funciona perfeitamente.
  • Não. Eu mantenho meu site atualizado.
  • Não. Eu me mantenho sempre no páreo.
  • Não. Recebo constantemente

Se duas ou mais de suas respostas forem diferentes do gabarito, tem algo de muito errado e provavelmente será necessário reformular o seu site com urgência para você parar de perder venda.

O que é importante ter em um site?

Se você chegou até aqui e está convencido de que precisa ter ou reformular um site, a próximo dúvida é a mais comum: por onde começar? Por isso, listamos os principais pontos a serem considerados em um site:

1

Nome do domínio

O primeiro item da nossa lista é um dos mais importantes. Ele precisa ser simples e fácil de lembrar. Se for possível ter um nome ligado à sua atividade seria fantástico. Isso ajuda na indexação orgânica do Google. Por exemplo, o nosso site: www.viaagenciadigital.com.br, o “Via” é o nome da nossa empresa e “Agência digital” nos faz ser encontrados mais facilmente quando o usuário busca por agência digital. Mas isso não é obrigatório

2

Informações essenciais

Um dos motivos pelos quais as pessoas buscam um site é para ter acesso a informações sobre a empresa. Por isso, a importância de criar uma seção “Sobre”, onde deve constar uma apresentação clara do que a empresa é e faz.

3

Conteúdo bem escrito

Nada de utilizar textos copiados da internet e nem cometer erros de português. Se você encontrar dificuldades, uma boa opção é a contratação de um redator que pode, inclusive, utilizar as palavras-chave corretas para ranquear melhor o seu site nos buscadores.

4

Oferecer navegação clara e simples

O visitante não deve perder tempo procurando as informações no seu site e nem precisar de um manual para chegar aonde precisa. A organização é fundamental para que ele não desista e vá buscar informação em outro site. Daí a relevância dos menus de navegação que precisam estar visíveis em todas as páginas do site e sempre na mesma ordem.

5

Interação com as redes sociais

É preciso buscar uma interação ativa com o público-alvo e as redes sociais são uma excelente estratégia para divulgar ainda mais a empresa. É recomendado que você inclua links e botões do tipo curtir/seguir para todas as redes sociais que sua empresa estiver usando.

6

Imagens de alta qualidade

As imagens da página inicial e das demais páginas devem ser de alta qualidade, principalmente quando mostram o seu produto. É claro que elas precisam estar alinhadas com o que você faz ou com o serviço que oferece. Lembre-se: primeiro as pessoas “compram” com os olhos.

7

Escolhendo as cores certas

É indispensável seguir a paleta de cor que foi definida na identidade visual da empresa. Existe uma psicologia de cores que pode ajudá-lo nessa escolha:

  • Azul: representa calma e confiança, sabedoria e tradição;
  • Preto: sofisticação, luxo e exclusividade;
  • Verde: representa estabilidade e possibilidade;
  • Amarelo: luz, alegria e valor;
  • Marrom: segurança, força e trabalho;
  • Vermelho: incentiva ações, chama atenção e impetuosidade;
  • Laranja: aconchego, acolhimento e calor;
  • Roxo: nobreza, imaginação e criatividade;
  • Branco: pureza, paz e limpeza.

8

Formulário de contato ou informação de contato

Forneça um formulário de contato, pois é uma maneira fácil e simples de o futuro cliente entrar em contato com a sua empresa. Mas sempre responda a essas mensagens! O formulário deve existir para ser respondido. Caso a pessoa precise de um contato imediato, deixe em destaque os telefones disponíveis para atendimento.

Dica: Faça um teste agora para ver se o seu formulário está funcionando.

9

Mostre os benefícios do seu produto ou serviço

O foco principal do site geralmente é poder demonstrar de diversas formas os benefícios do seu produto ou serviço. Você pode, além de usar fotos de alta qualidade, criar vídeos explicativos com no máximo 2 minutos e incluir depoimentos de quem já comprou.

10

Call To Action (CTA) — Chamadas Para Ação

Depois de demonstrar o seu produto, dê a possibilidade de o visitante adquirir o produto ou receber mais informações sobre ele. Para isso, crie botões que chamem a atenção do usuário e façam com que ele realize uma ação. Nesse caso, é indicado que use cores que contrastam com as cores do site. Além da cor, é preciso testar formatos, diferentes textos e tipos de letras.

11

Blog

O conteúdo é vital para o desempenho nos resultados de pesquisa do Google e um blog deve fazer parte dessa estratégia. Além de melhorar o seu posicionamento orgânico nos buscadores, o blog é imprescindível para melhorar o engajamento com o público.

Capítulo 1

E como diz Bernador Hees, CEO da Kraft Heins Company: “O sucesso não está na estratégia, está na execução”.

Praesent at pretium mi. Curabitur nisl metus, ullamcorper at ex nec, finibus molestie arcu. Class aptent taciti sociosqu ad litora torquent per conubia nostra, per inceptos himenaeos. Sed imperdiet diam sit amet lacus tempus auctor.
Integer varius dapibus dui, id tempor ex ornare in. Pellentesque fringilla efficitur magna, eu aliquet ligula tempus id. Aenean vitae gravida sem, in lobortis justo. Aliquam dictum feugiat ex tempus finibus. Donec vitae sapien vel dui consectetur viverra ac eu ipsum.