Início - Blog - Tudo o que você precisa saber sobre newsletter

Tudo o que você precisa saber sobre newsletter

Tudo o que você precisa saber sobre newsletter Tudo o que você precisa saber sobre newsletter
Tudo o que você precisa saber sobre newsletter

Quem pensa em garantir um ótimo relacionamento com os clientes, conquistando sua simpatia ao oferecer, além de produtos ou serviços, conteúdos de qualidade, precisa aderir a um modelo de comunicação muito eficiente: a newsletter! Esse modelo de comunicação é de baixo custo, com taxas de retorno bem maiores e indispensáveis para ajudar na fidelização do público e converter os leads.

A newsletter conta com uma metodologia bem particular que você precisa entender para gerar excelentes negócios por meio dela. O funcionamento não acontece como em outras ações de marketing direto que se assemelham com vendas. Os objetivos, o trato com os clientes e os conteúdos são diferenciados.

Bom, isso reforça a necessidade de entender o que realmente precisa ser feito para que você possa aproveitar todos os benefícios. Mas não se preocupe, pois preparamos este texto para isso. Aqui, você vai entender o conceito, vantagens e saber como criar uma newsletter. Acompanhe e aproveite! Boa leitura!

    1. O que é newsletter?

      Trata-se de um e-mail que tem o objetivo de informar a audiência. Podemos traduzir o termo “newsletter” como “boletim informativo”. Assim, entendemos como uma publicação fixa de que as empresas produzem para seus clientes em potencial.

      Vale lembrar que uma newsletter deve ser feita com periodicidade preestabelecida, precisa ter visual e linha editorial própria. O foco dessa estratégia é na produção de conteúdos e não diretamente em vendas. O maior propósito é informar as pessoas sobre assuntos que têm relação com seu nicho ou com seu negócio.

      Como as newsletters são enviadas somente para o público que se inscreveu em formulários com esse objetivo, elas têm uma vantagem muito grande em relação ao e-mail marketing. Logo, a newsletter é capaz de alcançar diversos estágios do funil de vendas com o mesmo e-mail, permitindo que os leitores tenham interesse pelas dicas e pelos artigos.

    2. Quais os tipos de newsletter?

      Veja, abaixo, quais são os principais tipos de newsletter que vão ajudar a cumprir seus objetivos!

      2.1. Newsletter tradicional (Boletins informativos)

      O objetivo desse tipo de newsletter é informar e continuar entregando o mesmo tipo de informação relevante que fez o cliente se inscrever no seu boletim informativo. A newsletter tradicional não tem finalidade direta de venda, no entanto, ela fomenta o engajamento, o aumento de tráfego, a fidelização e constrói autoridade.

      2.2. Campanhas promocionais

      Esse é o tipo de correio eletrônico que tem o objetivo de avisar aos usuários sobre promoções, ofertas, oportunidades etc. O maior propósito é conseguir converter, ou seja, fazer com que o usuário passe para a etapa seguinte da jornada.

      2.3. Mensagens transacionais

      Essas respostas automáticas são disparadas por determinadas ações dos clientes, como reclamação, venda, dúvida, registro etc. São úteis para criar afinidade de marca e concretizar conversões, por exemplo.

      2.4. Campanhas sazonais

      Esse tipo de newsletter é ótimo para ser usado em datas festivas para compartilhar ofertas, gerar presença de marca etc. As pessoas estão acostumadas a receberem presentes e saudações dos entes queridos nessas datas. Por isso, tendem a estar mais receptivas às informações.

Não tem retorno mais rápido do que
Publicidade Online. Então não perca tempo!

Vamos conversar →
  1. Por que produzir esse material?

    Vamos falar sobre como fazer uma newsletter, mas antes é preciso saber quais são as formas que sua empresa pode se beneficiar dessa estratégia de marketing digital infalível. As vantagens são muitas e vão além de deixar o público informado a respeito de novidades da sua empresa. Veja alguns benefícios de investir nesse canal!

    3.1. Formar uma ótima lista de e-mails

    Geralmente, as pessoas que recebem newsletters só recebem porque fizeram um cadastro por livre e espontânea vontade. Convenhamos que não existe um público melhor para manter uma comunicação do que aquele que realmente deixou claro seu interesse nos conteúdos.

    Portanto, mesmo que dê trabalho, é importante lutar para construir sua própria lista, espalhando formulários no blog ou convidando o público em redes sociais, por exemplo.

    3.2. Criar e manter um excelente relacionamento com o público

    A partir de então, fica muito mais fácil e simples manter um bom relacionamento com os seus contatos. Afinal de contas, você sabe quem são as pessoas e o que elas desejam consumir. Tendo essa base, você só precisa produzir e compartilhar conteúdos ricos, segmentados e que façam sentido para essa audiência.

    3.3. Educar o mercado

    As newsletter são ótimas para preparar melhor os leads e clientes para conhecerem mais a fundo o seu mercado. Lembre-se de que consumidores entendidos de um determinado assunto valorizam bem mais as compras.

    3.4. Ser considerado autoridade na área

    Essa é uma consequência incrível de utilizar os conteúdos da sua newsletter para ajudar leads e clientes com suas oportunidades e com seus problemas. É comum que os usuários fiquem mais propensos a abrirem os e-mails da sua empresa por acreditarem na importância e qualidade das informações.

    Os contatos, quando recebem ajuda para sanar suas dúvidas, passam a ter mais confiança no que você diz ou oferece. Vale ressaltar que seu negócio pode passar a ser a primeira opção desses clientes quando desejarem algum produto ou serviço que você também vende.

  2. Qual a sua importância em uma estratégia de marketing?

    O uso das newsletter é uma estratégia muito importante no marketing para chegar ao público-alvo e ajudar a atingir os resultados mais incríveis para qualquer negócio. Afinal de contas, elas permitem gerar leads, criar autoridade da marca da empresa e ainda manter os leads interessados.

    As newsletters são capazes de tornar a sua empresa uma verdadeira fonte de informação quando entrega conteúdos de qualidade. Dessa forma, sua marca passa a ser referenciada no mercado e no seu nicho.

    Além disso, elas também convertem e preparam seus futuros clientes. Os conteúdos ricos que são enviados acabam colaborando para o processo de tomada de decisão de compra. Claro, não podemos deixar de mencionar que elas contribuem para a percepção da marca, garantindo a fidelização de consumidores.

    A newsletter é essencial para encorpar ainda mais as estratégias de Inbound Marketing do seu negócio. Mas saiba que é importante ter cuidado se o objetivo é ganhar dinheiro utilizando a lista de e-mails. Do mesmo modo que acontece em qualquer outro canal de marketing, se seu empreendimento focar somente em ganho de dinheiro, ele pode perder respeito e credibilidade das pessoas.

    Então, o foco deve ser em informar e ajudar os usuários que se disponibilizaram a seguir sua marca por meio da newsletter. Faça um trabalho de marketing de relacionamento eficiente com cada uma dessas pessoas e é só aguardar os resultados incríveis.

  3. Como fazer uma newsletter?

    Não adianta enviar uma newsletter na frequência adequada se os usuários não estão fazendo ações que promovem. Você não precisa apenas de visualizações, mas também de conversões e bons resultados.

    Para conseguir isso, é necessário ter planejamento e contar com as características adequadas em cada comunicação realizada. Para ajudar, elencamos dicas valiosas para que você possa criar as melhores newsletters! Confira!

    5.1. Determine os seus objetivos ao usar essa estratégia

    O primeiro passo é saber quais são os objetivos do seu negócio com esse tipo de comunicação. Conheça alguns exemplos:

    • nutrir leads;
    • fidelizar clientes;
    • gerar leads;
    • converter em vendas.

    Dependendo dos objetivos que você escolher, as newsletters terão que ter frequência, conteúdos e até templates diferentes.

    5.2. Segmente sua lista de leads

    Um grande erro é generalizar as comunicações. Cada contato tem que receber uma newsletter que combine com o seu momento, afinal, alguns leads não conhecem bem sua empresa, outros precisam saber mais sobre seu serviço ou produto e alguns já estão prontos para comprar.

    Por isso, é preciso segmentar os leads. Você pode dividir sua lista por perfil e interesses, além de outras variáveis. O importante é estudar o que vai ser melhor para o seu negócio.

    5.3. Escolha o formato, tipo e teor dos conteúdos

    Ao ter o público da sua newsletter bem definido, fica mais fácil pensar no formato e no tipo de conteúdo. Você quer lembrar os leads sobre as novidades do blog? Quer anunciar novos serviços ou produtos?

    Para cada conteúdo, escolha o formato e os templates corretos. Lembre-se de trabalhar sempre com textos originais e informações relevantes.

    5.4. Utilize uma boa e confiável plataforma

    Para que você possa distribuir as suas newsletter para os seus contatos, você vai ter que contar com uma excelente ferramenta de e-mail marketing. Lembre-se: não é todo tipo de ferramenta que você pode usar.

    Faça uma escolha cuidadosa, pois as plataformas não confiáveis podem fazer com que suas newsletter sejam marcadas como spam. Assim, seus e-mails não chegam aos usuários e sua marca acaba sendo prejudicada no mercado.

    5.5. Otimize seu texto para melhor a experiência dos usuários

    É preciso pensar bem no que a sua newsletter vai dizer e em como isso vai ser feito. Lembre-se que isso é tão fundamental quando pensar na natureza e no formato do conteúdo. Para ajudar nessa tarefa de otimização do texto, trouxemos algumas dicas importantes da técnica de copywriting. Confira:

    • seja claro e objetivo: sua newsletter não pode ser grande demais. O mais recomendado é que o texto seja chamativo e bastante conciso;
    • mostre exclusividade: uma excelente estratégia é falar sobre novidades ou promoções exclusivas que chegam com antecedência aos ouvidos de quem assina sua newsletter;
    • utilize os verbos no imperativo: esse tipo de verbo vai ajudar a induzir os leads à ação desejada. Veja alguns exemplos interessantes: “garanta”, “clique”, “acesse”, “experimente”, “confira” e “conheça”;
    • não se esqueça de incluir um CTA: um dos principais elementos na comunicação do seu negócio é, sem dúvidas, o call to action (chamada para ação), pois indica aos usuários o que deve ser feito. Normalmente, é um botão ou um link, com cores em destaque e que explora bem os verbos no imperativo sobre os quais falamos.

    5.6. Opte por um layout mais “clean”

    A regra do texto também é válida para o layout dos seus e-mails, pois informação em excesso pode acabar desviar a atenção do objetivo que sua newsletter tem, e obviamente que não fica interessante esteticamente.

    Uma boa dica é optar por templates mais “clean” e modernos, com muito espaçamento entre os textos e as imagens. Assim, tudo vai ter o destaque merecido no e-mail.

    5. 7. Cuidado com o uso de imagens e vídeos

    É fundamental que você use recursos visuais ao fazer a comunicação do seu negócio. Até porque eles são muito úteis para conseguir a atenção do público e, claro, deixam o texto bem chamativo. Porém, nas newsletter, é necessário tomar certos cuidados.

    Saiba que nem todos os leitores vão exibir os vídeos e as imagens do mesmo modo. Portanto, o mais indicado é que você conte com templates que estejam construídos de forma correta e que estejam codificados.

    5.8. Crie assuntos bastante atrativos

    Não vai adiantar muito criar uma newsletter com um rico conteúdo e muito bem estruturada se os usuários não abrirem a mensagem, concorda? É por isso que é tão importante pensar bem no título, para assegurar que o e-mail seja visualizado na caixa de entrada e desperte o interesse no leitor para que ele tenha vontade de abri-lo.

    Mas como criar um título realmente impactante? É só pensar em um título criativo, curto e que ofereça uma indicação clara a respeito do que o leitor vai encontrar ao abrir o e-mail. Dependendo do público, você até pode usar emoticons para chamar mais atenção no título, pois é uma ótima maneira de se destacar no meio de tantos outros e-mails.

    5.9. Não se esqueça dos testes A/B

    Afinal, o que são testes A/B? Bom, eles são comparativos de desempenho entre as diferentes campanhas ou então entre as diferentes versões de uma mesma campanha. Esse acompanhamento é muito importante e necessário nas newsletters.

    É possível aumentar a taxa de conversão de leads com uma simples alteração em detalhes do layout ou do texto dos e-mails, por exemplo. Esse tipo de ação não poderia ser medido sem fazer os testes A/B.

    Portanto, o ideal é que você determine quais são os indicadores mais relevantes e as metas, e continue fazendo os testes em todas as suas newsletters. Com o tempo, você vai conseguir otimizar ainda mais esse recurso e conquistar resultados mais satisfatórios.

    Ao acompanhar o desempenho, você também passa a conhecer problemas e compreender melhor onde é que você precisa investir dinheiro e tempo. Então, monitore constantemente:

    • taxa de abertura;
    • taxa de recebimento;
    • taxa de cliques;
    • taxa de conversão.

    Lembre-se de que contar com uma excelente plataforma para fazer esse trabalho é indispensável para a realização dos testes e para acompanhar todos os relatórios.

Por fim, saiba que para ter sucesso com o envio das newsletter no seu negócio vai exigir muito planejamento, execução e mensuração de resultados.

Tenha em mente que, por não ser uma ferramenta com foco primeiramente em vendas, é preciso ter um cuidado bem maior, afinal, a essência está na agregação de valor para a marca, no desenvolvimento de um ótimo relacionamento e no compartilhamento de informações valiosas. São alguns fatores que deixam o caminho até a venda mais longo, no entanto, muito mais certeiro e com excelentes resultados.

Gostou de saber mais sobre newsletter? Quer continuar aprendendo com os nossos conteúdos? Você pode acompanhar as novidades seguindo as nossas páginas nas redes sociais que estão sempre atualizadas! Estamos no Facebook, LinkedIn, Twitter e Instagram!

Receba novidades