• Banner Posts

Marketing de guerrilha x Inbound marketing

Marketing de guerrilha x Inbound marketing

Atualmente, a troca de informações ocorre de maneira muito mais rápida, sendo assim, todos os dias somos bombardeados de propagandas e publicidades, as quais têm objetivo de vender o produto ou serviço.

A poluição desse tipo de propaganda é tão grande que está em todo lugar e em todas as mídias, sejam elas impressas ou virtualizadas, na TV, rádio, redes sociais e até aplicativos.

Com isso, o marketing digital precisa encontrar meios de entreter o público e garantir a lucratividade e o rendimento da empresa, a fim de fidelizar mais clientes e alcançar resultados mais rápidos. Para isso, foram criadas duas modalidades do marketing digital, o marketing de guerrilha e o inbound marketing.

Inbound marketing

O Inbound Marketing nasceu com a necessidade de inovar o atendimento ao potencial cliente e consumidor. A partir do momento em que sabemos o quanto a publicidade tradicional não faz o cliente prestar atenção, o inbound marketing parte do pressuposto de que é necessário conquista-lo, apresentando informações úteis e relevantes sobre o produto e serviço, a fim de que este potencial consumidor se sinta intrigado e instigado a confiar na marca.

Pode-se dizer que o inbound marketing, mais conhecido como marketing de entrada, não se preocupa com o lucro e sim em como o consumidor será consultado.

Marketing de guerrilha

Por outro lado, temos o marketing de guerrilha, que consiste em chamar atenção do consumidor. O objetivo é atrair, mas a peça publicitária em si não deve parecer uma propaganda e sim uma forma de instigar a curiosidade do consumidor, para que ele pergunte “o que é isso”.

O marketing de guerrilha busca impactar as pessoas. Enquanto outras publicidades buscam vender o produto por meio das mídias, o marketing de guerrilha busca sempre encontrar novas formas de comunicação com o consumidor, seja fazendo uma campanha de marketing disfarçada, ou seja, procurando mídias alternativas.

Quando não há respeito pelo espaço

Quando a propaganda e o marketing se tornam um pouco exagerados ou excedentes, isso pode acabar não atingindo bem o público-alvo, uma vez que ele se sente pressionado ao estar naquela situação, comprando a publicidade.

Pode-se dizer então que, o marketing de guerrilha, em algumas vezes, é desaconselhável porque pode não respeitar o espaço do outro, se tornando uma venda pressionada.

Enquanto isso, o marketing de entrada favorece uma relação mais saudável com os possíveis clientes, uma vez que o objetivo é conquistar e mostrar relevância, se preocupando com a abordagem mais intimista e vantajosa para ambas as partes, porque o consumidor não se sente obrigado a comprar algo que não lhe será útil, consegue compreender?

Se o alvo da empresa é a lucratividade sem se importar em respeitar a concorrência, o marketing de guerrilha pode ser visto como uma escolha ruim. Por isso, o marketing de entrada é a melhor opção para construir uma base sólida com os consumidores, preocupando-se sempre com as informações dadas e apresentadas.

E aí, o que você acha desses dois tipos de marketing? Nós, da Via Agência Digital queremos saber a sua opinião!

Assine e receba no seu e-mail um conteúdo de primeira:

27 3045-5730
VITÓRIA - ESPÍRITO SANTO

A Via é uma Agência Digital especializada na Criação de Sites, Marketing Digital, Inbound Marketing, Otimização de Sites (SEO) e Links Patrocinados com foco em resultados efetivos.