• Blog
  • Como saber se está na hora de reformular o seu site

Como saber se está na hora de reformular o seu site

Como saber se está na hora de reformular o seu site

Como saber se está na hora de reformular o seu site

E-book guia prático de design para alavancar sua estratégia digital - 02Powered by Rock Convert

Seu site não tem notícias ou informações novas há mais de uma semana? As informações básicas de serviço, como endereço, telefone e e-mail da empresa, estão escondidas ou leva-se alguns minutos para encontrá-las? A aparência da capa é “dura” e sempre a mesma, todos os dias? Esse são alguns sinais de que está na hora de reformular o seu site.

Assim como as empresas precisam evoluir com o tempo para se manterem vivas no mercado, a mesma lógica serve também para um site. Foi-se a época em que, para ser visto e ser lembrado, bastava apenas ter uma página simples disposta na internet, para marcar presença. Hoje, esta fórmula está ultrapassada. Um site esquecido, com pouca ou nenhuma atualização, traz exatamente o efeito contrário, ou seja, a imagem da empresa fica totalmente prejudicada, passando a mensagem de desatualizada, atrasada ou parada no tempo.

Parece óbvio, mas nem sempre é fácil de perceber para quem não lida com isso no dia a dia. Reformular um site que já está no “ar” é como começar tudo do zero: é preciso pensar na funcionalidade, navegação, usabilidade/facilidade e na rapidez. Sem contar que devem ser levados em consideração o que há de mais atual, seja no layout, nos recursos, nos efeitos etc. Um belíssimo design ajuda a causar um impacto permanente.

Se você está com dúvidas, confira sete sintomas que indicam se já é hora de reformular o seu site:

1. Você tem dificuldades em atualizá-lo

Se a equipe de comunicação enfrenta problemas ao adicionar fotos, textos, vídeos, ou outras informações necessárias para a atualização do site, fique atento: ele já está defasado.

2. O seu site é uma mistura de códigos aleatórios

Você contratou um designer que programou o seu site. Um bug apareceu, e você contratou alguém diferente para consertá-lo. O tempo passou e o seu site precisou de um novo “remendo” no código. Se esse é o seu caso, talvez seja a hora de recomeçar do zero.

Tráfego Orgânico: Guia completo para conquistar tráfego para seu sitePowered by Rock Convert

3. Existem links ou funções que não são mais utilizadas

Muitas vezes, ao criar um site, adicionamos uma função que é tendência no momento, mas que, depois, entra em desuso. As animações em flash e as músicas em auto-play são exemplos clássicos disso. Se o seu site ainda exibe algo do tipo, ou mesmo um link para uma rede social antiga, ou ainda um botão de compartilhamento que não funciona, avalie bem: este é o tipo de problema que afastam os usuários.

4. Não existe integração entre seu site e suas mídias sociais

A melhor forma de marcar território na web é estar presente nas redes sociais onde o público também está. E isso pode ser feito por meio de uma comunicação integrada entre todas as plataformas online oferecidas pela empresa na rede – incluindo, principalmente, o site, que costuma ser a origem de tudo. Se ele não conversa com os demais perfis sociais, definitivamente é hora de repensar sua presença digital.

5. Seu site não é otimizado para SEO

Muitos fatores ajudam a posicionar bem uma marca em buscadores. Em um site, uma série de fatores pode auxiliar nesse posicionamento como o tempo de resposta, o tempo de carregamento das páginas, as URLs amigáveis, etc. O seu site só tem a perder se o SEO não estiver bem estruturado.

6. Você nem lembra quando foi a sua última repaginação completa

Pode até soar óbvio, mas se você não lembra quando foi que reformulou o seu site pela última vez, é um sinal claro de que ele deve ser repensado imediatamente. Na verdade, tudo se resume a uma coisa: se você está começando a pensar que talvez seja a hora de reformá-lo, é porque esta hora já passou.

7. Você não utiliza a plataforma WordPress

Este pode não ser bem um sintoma, mas você já cogitou optar pelo WordPress? Esta plataforma de publicação é gratuita e fácil de usar e você consegue atualizar o site de qualquer lugar (até mesmo do celular). Ele ainda possui uma codificação e estrutura excelente para os motores de busca e, se você precisa de recursos avançados, pode facilmente adicioná-los por meio de plug-ins.

8. Seu site não é responsivo

Neste caso, recomendamos a leitura atenta do post Site responsivo agora é exigência. Está preparado? que publicamos semana passada.

E então, se identificou com algum dos pontos acima? Será que já não está na hora de reformular o seu site? Possui alguma dúvida ou sugestão? Compartilhe conosco pelos comentários abaixo – será um prazer trocar uma ideia.

E-book guia prático de design para alavancar sua estratégia digital - 01Powered by Rock Convert