Categorias: BlogMarketing Digital

Direct to consumer: como engajar o cliente diretamente com a marca

O consumidor está cada vez mais consciente e exigente, o que leva as empresas à necessidade de estarem mais preparadas para lidar com ele. Nesse cenário, a estratégia de direct-to-consumer surge como uma importante ferramenta para estreitar o relacionamento da empresa com o seu público-alvo.

O uso desse modelo de negócio é fundamental para aumentar o reconhecimento do consumidor e criar engajamento com a marca. Por isso, se deseja conhecer as principais estratégias e tendências do direct-to-consumer, continue acompanhando este artigo.

O que significa direct-to-consumer?

Direct-to-consumer (DTC ou D2C) é uma estratégia de vendas onde a empresa oferece os seus produtos diretamente para o consumidor final, sem contar com a intermediação no varejo. O seu uso é feito por empresas que desejam desenvolver um contato mais próximo com o público e fortalecer a marca.

A expansão dessa estratégia se tornou possível graças à internet, que permitiu a criação de canais de vendas de baixo custo, como o e-commerce. Isso fez com que as empresas pudessem controlar seus canais de venda e levar ao público uma mensagem mais próxima e personalizada, melhorando a experiência de aquisição do produto.

Quais as principais estratégias DTC?

O engajamento com o consumidor é, sem dúvidas, a maior estratégia usada no direct-to-consumer. Afinal, a experiência que o cliente tem com a marca é um fator cada vez mais importante para que a empresa se destaque no mercado.

Ao criar uma conexão mais profunda com o cliente, aumenta-se o valor agregado do produto. O consumidor desenvolve uma conexão emocional com a marca, o que o leva a querer participar da experiência oferecida por ela. Como resultado, o produto passa a ser visto por ele não só como uma necessidade, mas como um objeto de desejo.

Por esse motivo, a empresa que faz a venda direta ao consumidor deve estar presente em diversos canais de comunicação. Assim, a sua mensagem tem um alcance maior, fazendo com que o consumidor fique mais exposto à personalidade da marca.

Powered by Rock Convert

O uso de anúncios ativos, por exemplo, permite anunciar em um determinado site ou blog sem interferir na experiência do usuário. Essa é uma maneira eficaz para aumentar a consciência da marca, o que aumenta a intenção de compra.

Quais são as tendências do direct-to-consumer?

Experiência do consumidor

O uso da estratégia direct-to-consumer permite que os esforços de marketing sejam 100% voltados na experiência do consumidor. Um exemplo é a criação de uma linha exclusiva de produtos, tendência que visa atender as necessidades do cliente e, consequentemente, melhora sua experiência com a marca.

Retorno de longo prazo

O foco do direct-to-consumer deve ser no relacionamento a longo prazo e não apenas na venda única. Sem a atuação de intermediários, a marca pode se concentrar no pós-venda e em estabelecer a lealdade do consumidor.

Por isso, uma das tendências é o aumento das assinaturas recorrentes. Afinal, o consumidor busca cada vez mais comodidade, o que pode ser obtido por meio de assinaturas de produtos e serviços.

Inteligência de dados

A proximidade com o consumidor criada pelo DTC possibilita que a empresa o conheça melhor. Assim, é possível usar a inteligência de dados para entregar ao público o que ele realmente espera, criando uma sensação única desde o processo de compra até o recebimento do produto.

A estratégia direct-to-consumer vem se consolidando cada vez mais no mercado brasileiro. Seja qual for o tamanho da sua empresa, o investimento nessa estratégia pode ser a melhor alternativa para fortalecer a marca e obter lucros maiores.

Gostou de conhecer sobre como funciona a estratégia DTC? Aproveite para entrar em contato conosco e conheça as soluções para melhorar seus resultados na internet!

Powered by Rock Convert